Garimpar a peça chave é o grande tesão da coisa

Por muito tempo se pensou que as roupas encontradas nos brechós eram peças de baixa qualidade, de aparência questionável e principalmente fora de moda. Com o passar dos anos todo esse pensamento foi ficando ultrapassado e distante do que de fato pode ser encontrado nessas lojas de produtos de segunda mão. Muito alinhando a uma prática voltada para a personalidade individual e por vezes econômica, o brechó é o queridinho entre jovens e personalidades da mídia.

Continue lendo “Garimpar a peça chave é o grande tesão da coisa”

Entrevista | Karina Braz: ”A música transforma o mundo e as pessoas”

Matheus Ruffino entrevista a cantora e compositora Karina Braz

Conquistando espaço no circuito cultural da região, a cantora e compositora Karina Braz trilha sua carreira entre altos e baixos. Sem perder a razão de frente as precariedades que a vida musical coloca quase todos os cantores independentes, ela segue ecoando a sua poesia de forma doce, poética e afinada. Se destaca no cenário artístico local com sua personalidade e qualidade musical, mesmo tendo sua arte limitada por governos e secretários dispostos a cortes e sucateamento da cultura.

Continue lendo “Entrevista | Karina Braz: ”A música transforma o mundo e as pessoas””

Use outra cor

Sempre passei virada de ano vestindo branco mas, para entrar neste que acaba em breve, decidi usar outra cor e arcar com os possíveis por quês. Significativamente, 2018 foi tão diferente quanto o uso da bendita cor nunca usada antes. No próximo dia 31 estarei usando a mesma camisa porque gostei da ideia de mudar a cultura comum e no final das contas perceber que foi interessante. E é importante dizer que a última vez que  vesti essa mesma camisa foi na ocasião em questão. Espero que ela esteja com a mesma aura daquele dia.

Continue lendo “Use outra cor”

O neofascismo venceu: em caso de emergência máscaras de oxigênio cairão automaticamente

Nós tentamos. Fomos às ruas em protesto, gritamos palavras de ordem, mobilizamos um país forte, feminino e progressista. Na memória da história não seremos acusados de apoiadores do neofascismo.

Tentamos de todos os jeitos e maneiras barrar a barbárie mas, corajosamente, não conseguimos. Isso não quer dizer que desistimos, muito pelo contrário, se não nos tirarem a vida, lá estaremos nós, mais uma vez, com inteligência e humanidade lutando contra o mal, que agora vem de cima e ganha força brutal na base civil.

Sentimos o gosto amargo da campanha eleitoral. Mortes, ameaças, pessoas machucadas, agressões e medo. Era isso que a campanha do ex-capitão proporcionava, quando não espalhava mentiras e difamação no whatsapp. Espero que nos livros de história tudo isso seja pontuado: o presidente mentiroso que fugia do debate para ficar repassando fake news em aplicativo de mensagem e que falava aos seus manipulados por intermédio de videoconferência, em um telão. Frouxo, arregão, covarde e canalha seria um ótimo subtítulo. Não há uma vírgula nesse plano de governo que seja louvável e que atenda minimante a pluralidade da população. O Brasil desmemoriado elegeu a própria guilhotina.

Continue lendo “O neofascismo venceu: em caso de emergência máscaras de oxigênio cairão automaticamente”

Crítica | A maré de Karina Braz deságua no mar de Dorival Caymmi

Maré Cheia, o novo disco da artista paratiense Karina Braz é refrescante como um vento no rosto ao fim da tarde. As cinco faixas autorais, muito bem alinhadas e ricas de sentido poético, contam histórias de pescador e nos levam a um mergulho de cabeça num mar de memória e afeto, como cantado no verso da terceira faixa, Luau:Foi na areia do Pontal. Eu vi no seu olhar. A lua estava ali”. Com sonoridade envolvente e tropical, a banda se lança no mercado fonográfico com um trabalho maduro, inédito no cenário regional e muito bem executado.

Continue lendo “Crítica | A maré de Karina Braz deságua no mar de Dorival Caymmi”

Entrevista | Memória e Fotografia: relato de quem tem e faz

Matheus Ruffino entrevista o fotógrafo Ivan Lima

As memórias de um fotógrafo que acompanhou as mudanças da sociedade e da tecnologia através das lentes de sua câmera fotográfica. Produziu um arquivo com quase cinquenta mil imagens em preto e branco e durante todo esse período teve o cuidado de organizar as informações como data e especificações em nove cadernos.

Recentemente, Ivan Lima teve uma fotografia selecionada para o documentário chamado ‘’O Sal da Terra’’ , que retrata a vida e a obra de Sebastião Salgado, um grande fotógrafo brasileiro conhecido mundialmente. O filme foi indicado ao Oscar na categoria ‘’Melhor Documentário’’ e foi visto por milhares de expectadores e amantes da fotografia.

Ivan não fotografa mais profissionalmente, hoje em dia faz consultoria financeira, estratégica e amorosa, mas não deixa de lado o seu amor pela arte de desenhar com a luz. Escritor de algumas obras literárias voltadas para a filosofia da imagem, está em processo de lançar uma releitura, agora em cores, do seu livro ”A Fotografia é a sua Linguagem”, lançado em 1988 e que vendeu mais de 6 mil exemplares. Viajou pelo mundo, estudou em Paris, mas hoje em dia reside em sua cidade natal, Petrópolis, no interior do Rio de Janeiro. Continue lendo “Entrevista | Memória e Fotografia: relato de quem tem e faz”

PESSOAS QUE TE FAZEM CRESCER

Como lidar com a despedida? Como entender que as necessárias batidas daquele coração não baterão mais ali perto de você, mas sim, para o mundo e para outros que aguardam o retorno desse? E essa pequena sensação de vazio misturada com orgulho por ter vivido experiências inesquecíveis e construtivas? Como lidar? É isso que nos move e que aos poucos vai se tornando transparente e se misturando com novas histórias, outros personagens e outras vivências. Continue lendo “PESSOAS QUE TE FAZEM CRESCER”